4 dicas para criar cursos imersivos

Mostrando postagens com marcador Design Instrucional. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Design Instrucional. Mostrar todas as postagens

24 de abr de 2017

Blackboard - Solução Completa de Aprendizagem Significativa

Blackboard 
 
 A solução completa de
aprendizagem colaborativa.
 
 
Blackboard - Collaborate


 
 A plataforma Blackboard Collaborate™ promove
uma experiência colaborativa, que torna o ensino e a
aprendizagem a distância algo simples, fácil e sem
preocupações.

 
 
 
 SAIBA MAIS, ACESSE O TESTE GRÁTIS 
 
 Desenvolvido para facilitar as aulas entre alunos e educadores, conheça alguns dos nossos benefícios: 
 
  Colaboração intuitiva e mais simples
 Colaboração para qualquer forma de ensino
 Mais fácil de usar, para que os professores
possam se concentrar exclusivamente no ensino
 Sua aprendizagem, sob demanda
 Áudio e vídeo de alta qualidade
 Aprendizagem síncrona e perfeita
 
 
 ACESSE O TESTE GRÁTIS 
 

13 de abr de 2017

Curso on-line Teoria e Prática do Design Instrucional

Curso on-line

Teoria e Prática do Design Instrucional

Planejamento de projetos educacionais com ênfase em educação a distância.
Com Régis Tractenberg

Próxima turma:

de 24 de abril a 09 de junho de 2017
(122a turma)

Faça sua inscrição aqui!


Proposta

O Design Instrucional – é uma metodologia para o planejamento de currículos, cursos e materiais didáticos em diferentes modalidades, mídias e contextos de aprendizagem, especialmente aqueles realizados por meio de educação a distância. Também é conhecido como Design Educacional ou gestão de projetos em Tecnologia Educacional.
Ao longo das atividades do curso TPDI – Teoria e Prática do Design Instrucional –, os participantes têm a oportunidade de criar soluções para os próprios projetos de educação e treinamento. Oferecido há 12 anos no Brasil, o TPDI segue práticas bem estabelecidas para o ensino/aprendizagem de DI adotadas em programas semelhantes encontrados no exterior.

 

Público-alvo

O Design Instrucional interessa principalmente a estudantes e profissionais de Recursos Humanos, Educação, EaD e Tecnologia Educacional que estão envolvidos com o desenvolvimento de projetos de educação a distância e presenciais em contextos acadêmicos ou corporativos. Este curso interessa também a professores empreendedores que desejam criar cursos on-line próprios. Participaram das 120 turmas anteriores do TPDI mais de 3.220 profissionais das seguintes instituições:
Aeronáutica, Agência Infoglobo, Amadeus Brasil, Banco do Brasil, BNDES, Caixa Econômica Federal, Catho Educação Executiva, CEDERJ, Centro Universitário de Maringá, Centro Universitário Newton Paiva, Centro Universitário Nove de Julho, CLARO, Colégio Cândido Mendes, Colégio da Companhia Santa Teresa de Jesus, Colégio João XXIII, Colégio Pedro II, Colégio Santana, Colégio Santo Inácio, Colégio São Paulo, Comsut, Conselho Federal de Engenharia, DATASUS, Diretoria de Ensino da Marinha, Dobra, DP Consultoria, Eduweb, Eletrobras, Eletronorte, Embratel, Escola Superior de Guerra, Estudar E-learning, Exército Brasileiro, Faculdade de Tecnologia Empresarial, Faculdade do Meio Ambiente e Tecnologia de Negócios, Faculdade Estácio de Sá – Juiz de Fora, Faculdade Michelangelo, FAVENI, FERP-FGB, FFFCMPA, Fundação Abrinq, Fundação Carlos Alberto Vanzolini, Fundação de Ensino Superior de Passos, Fundação Osório, Fundação Roberto Marinho, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, Governo do Estado do Rio de Janeiro, HSBC, Human Power Change Management, IBEU, iLearn – Centro de Treinamento em Informática, Indie Records, Infraero, INPI, Instituto Adventista de Ensino, Instituto de Pesquisas Eldorado, Instituto Guanabara, Instituto Monitor, iSat Educação, Learn-Way, Kodak, Marinha Brasileira, Meimei Escola Montessoriana Ltda., Microcamp, Ministério da Saúde, Pete Cabralis Design, Petrobras, PIREP, Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, PUC-RJ, PUC-SP, PUC-PR, Red Balloon Curso de Inglês, Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco, Secretaria de Educação do GDF, Secretaria Estadual de Fazenda de Pernambuco, Secretaria Municipal de Educação e Cultura – Salvador, Senac-PE, Senac-RJ, Senado Federal, Senai-RJ, Senai Florianópolis, Sistema COC de Ensino, Socicam, Strong Consultoria Educacional, Supridatta Teleinformática Ltda., Superior Tribunal de Justiça, TRT-SP, Tribunal Superior Eleitoral, TTI Brasil, UBEE, UCAM, UCB, UEMG, UERGS, UERJ, UFF, UFPA, UFPel, UFPR, UFRJ, UFRJ, UGF, Ulbra, Unesa, UNG, Unibero, Uninove, Universidade Católica de Goiás, Universidade de Passo Fundo, Universidade Eduardo Mondlane, Universidade Metodista de São Paulo, Universidade Salgado de Oliveira, Unor Design, Veris Educacional, Watson Wyatt Worldwide, dentre outras.

 

Depoimentos

“O curso superou minhas expectativas. Pude colocar o projeto construído ao longo do curso em prática imediatamente após o término. A mediação do Regis foi excelente, apontando caminhos, questionando, dando dicas.”
Adriane Gazzola, coordenadora de núcleo – Fundação Roberto Marinho
“É muito importante para quem trabalha na área da Educação fazer este curso de TPDI. Ele nos dá diretrizes para que possamos criar cursos com maior eficiência. O conteúdo é excelente, o professor é de altíssimo nível e o resultado final é de realização de aprendizagem com gostinho de quero mais!”
Renate Stephanes Soboll, professora tutora a distância – UAB/UnB

 

Objetivos

Os participantes terão a oportunidade de:
  • Conhecer a história e as características do Design Instrucional;
  • Aplicar o modelo ADDIE para desenvolvimento de projetos;
  • Identificar e descrever problemas de educação e treinamento;
  • Analisar o contexto de implementação de seus projetos;
  • Examinar o perfil e as necessidades de seu público-alvo;
  • Definir precisamente objetivos instrucionais;
  • Mapear objetivos específicos e pré-requisitos de aprendizagem;
  • Selecionar estratégias didáticas e motivacionais, mídias e tecnologias educacionais adequadas a diferentes tipos de aprendizagem, objetivos e público-alvo;
  • Sequenciar o próprio projeto instrucional em diferentes etapas;
  • Estudar temas complementares ao processo de DI, como roteirização multimídia, uso de cores e objetos de aprendizagem.

 

Benefícios

A aplicação do Design Instrucional possibilita planejar, desenvolver e implementar projetos de capacitação bem alinhados em seus objetivos, estratégias didáticas e tecnologias educacionais utilizadas. Isso gera maior eficácia no atendimento a necessidades de aprendizagem em menos tempo e com mais satisfação para os aprendizes.
O TPDI oferece uma base sólida para estudos posteriores na área de Educação a Distância e Tecnologia Educacional.

 

Metodologia

Ao longo de sete semanas, os participantes interagem em uma comunidade de aprendizagem on-line.
As atividades incluem a leitura de textos, troca de experiências entre a turma por meio de fóruns de discussão e elaboração de projetos.
A realização das tarefas leva cada participante a criar o planejamento de um curso próprio (presencial, semipresencial ou on-line), que pode ser aplicado posteriormente ao seu contexto profissional.
O TPDI tem como diferencial o acompanhamento próximo do professor sobre cada etapa de desenvolvimento dos projetos.
É realizado no ambiente virtual de aprendizagem Moodle, amplamente utilizado em todo o mundo.

 

Alguns projetos criados por participantes

  • Curso presencial para o desenvolvimento de competências básicas no uso de informática (alfabetização digital) voltado para os moradores de uma pequena cidade do interior;
  • Oficina presencial de canto em coral para os membros da comunidade de uma igreja;
  • Curso on-line em apoio ao processo de ambientação de novos funcionários de um banco;
  • Treinamento para técnicos de manutenção da rede elétrica de uma companhia estadual de energia;
  • Curso semipresencial para capacitação de professores de uma escola para o uso de novas tecnologias em suas aulas com alunos do Ensino Fundamental;
  • Grupo de estudos presencial com a equipe de uma consultoria na área de EaD para disseminação de processos de trabalho por meio do estudo de casos bem-sucedidos;
  • Curso de Inglês on-line para profissionais embarcados em plataformas de petróleo;
  • Capacitação on-line para uso de software corporativo em uma empresa de engenharia;
  • Disciplina escolar presencial com apoio de ambiente on-line para ensino de robótica a alunos do Ensino Médio;
  • Programa semipresencial de preparação e formação de comunidades entre jovens universitários antes de seu período de estudos no exterior;
  • Capacitação on-line de professores e orientadores educacionais para apoio a alunos com deficiência visual em suas escolas;
  • Tutorial on-line para apresentação de novos produtos e serviços aos gerentes de um banco;
  • Curso on-line de produção textual, voltado ao público em geral, desenvolvido por uma professora independente;
  • Disciplina presencial de Metodologia de Pesquisa + recomendações de mudanças curriculares em um curso de Graduação em Ciências Sociais;
  • Treinamento semipresencial de equipes de manutenção em uma empresa ferroviária;
  • Capacitação on-line sobre processos de lavagem de dinheiro voltado a equipes de fiscais em órgão da administração pública;
  • Capacitação on-line de professores para o incentivo ao pensamento crítico de alunos escolares e universitários;
  • Treinamento semipresencial para capacitação de enfermeiros e técnicos de enfermagem para o uso de equipamentos hospitalares;
  • Curso on-line preparatório para candidatos a concursos públicos na área do Direito;
  • Treinamento semipresencial de policiais civis para o uso de novas tecnologias em suas atividades;
  • Curso semipresencial de preparação de comida japonesa para interessados em gastronomia;
  • Elaboração de um sistema de apoio (help) para cada tela de um software de gestão.
  • Curso de tecnologia educacional para professores do Ensino Superior.
Diante da variedade de iniciativas em cada turma, os participantes têm a oportunidade de aprender com seus colegas e contribuir com seus projetos.

 

Pré-requisitos

Para participar, é necessário:
  • Saber editar textos em programas como MS Word ou Open Office;
  • Ter acesso à Internet;
  • Saber usar e-mail e navegar na web;
  • Ter certa disciplina e motivação (essenciais para estudar a distância).

 

Dedicação

É necessário dedicar ao curso aproximadamente uma hora por dia ao longo de sete semanas.
Não há encontros presenciais nem conferências síncronas (por chat, telefone, etc.); assim, o curso permite que todos estudem nos dias e horários mais convenientes a cada um.

 

Certificado

Ao completar o TPDI, os participantes recebem certificados em formato digital (PDF) com seu grau de aproveitamento. Constam no certificado a carga horária de 50 horas, o código de autenticação, o programa de estudos e a assinatura do professor.
O TPDI é um curso livre dedicado à qualificação de profissionais da área de Educação, recomendado pela Associação Brasileira de Tecnologia Educacional.

 

Valorização pelo mercado

Nossos ex-alunos são bem considerados pelo mercado. Instituições educacionais solicitam com frequência que divulguemos oportunidades nas áreas de Design Instrucional, Design Educacional, Tecnologia Educacional e Coordenação de Projetos entre eles. Confira aqui.
O curso TPDI também é oferecido na Pós-Graduação Lato Sensu em Tecnologias da Informação Aplicadas à Educação do Núcleo de Computação e Eletrônica da UFRJ. Os participantes que concluem o TPDI com bom aproveitamento podem ter suas notas consideradas nessa disciplina do programa de especialização.

 

Comunidade de estudos continuados

Após o curso, os participantes são convidados a participar, sem custos, do GEDI – Grupo de Estudos sobre Design Instrucional –, uma comunidade permanente que promove, desde 2005, o estudo colaborativo de temas associados ao Design Instrucional e à Educação à Distância: design educacional, projetos de tecnologia na educação, ambientes virtuais de aprendizagem, design gráfico e multimídia, usabilidade de interfaces, gestão de projetos, docência on-line, docência on-line independente, empreendedorismo educacional, dentre outros.

 

Professor

Régis Tractenberg é mestre em Tecnologia Educacional pela Universidade de Twente, na Holanda, e psicólogo graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Desde 1998, oferece cursos, planeja e coordena projetos de educação e treinamento em empresas e instituições educacionais. Foi professor do Instituto de Psicologia da UFRJ e do curso de especialização em Educação com Aplicação da Informática da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), gerente de e-learning da ID Projetos Educacionais, membro da Equipe de Inovação Educacional do Centro de Aprendizagem da Shell, em Haia, onde colaborou no desenvolvimento de cursos sobre produção de petróleo e gás e na capacitação de docentes internacionais da Shell Open University, e membro do conselho científico da Associação Brasileira de Tecnologia Educacional – ABT. É professor do curso de extensão em Educação Corporativa do IAG-PUC-Rio e do curso de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação Aplicadas à Educação do Núcleo de Computação e Eletrônica da UFRJ. Participou do comitê de especialistas convidados pelo Horizon Project Brasil 2015. Desde 2004, é sócio e professor da Livre Docência Tecnologia Educacional, e atendeu mais de uma centena de turmas on-line e orientou mais de 2.800 professores, profissionais de RH, e coordenadores de cursos a distância em todo o Brasil quanto ao planejamento de soluções educacionais.

 

Inscrições abertas

Valor: R$420,00

Ex-alunos da Livre Docência contam com 10% de desconto. 
Solicite pelo email: contato@livredocencia.com.br
Opções de pagamento:
– À vista por boleto ou transferência bancária, ambos com desconto de 3,86%;
– Cartões de crédito em 3 parcelas sem juros ou em até 12 vezes com juros.
Vagas disponíveis: 30

Faça sua inscrição aqui!


Satisfação garantida

1. Se, por qualquer motivo, você não conseguir concluir o curso, poderá reiniciar em uma próxima turma dentro do período de 1 ano desde sua inscrição inicial.
2. Caso você mude de ideia ou não fique satisfeito, basta solicitar por e-mail e devolveremos o valor integral de sua inscrição até 14 dias após o recebimento de seu pagamento. Após esse período, devolvemos 75% do valor pago, desde que a solicitação seja feita até a terceira semana a partir do início do curso.


Para inscrever funcionários de empresas

Envie um e-mail para contato arroba livredocencia.com.br com as seguintes informações:
  • Nome, e-mail e cargo dos participantes;
  • Dados da empresa: razão social, CNPJ, IE, IM, endereço completo e endereço para correspondência;
  • Pessoa de contato, cargo, departamento, e-mail e telefone.
Após o recebimento dessas informações, emitiremos a nota fiscal aos cuidados da pessoa de contato;
Obs.: Aceitamos notas de empenho de órgãos públicos.

Realização


Livre Docência Tecnologia Educacional
www.livredocencia.com.br

contato@livredocencia.com.br

(21) 3942-3842 · 98122-1875

Blog · Facebook · Twitter




Somos associados à:

ABED - Associação Brasileira de Educação a Distância

versão web


© 2017 Livre Docência Tecnologia Educacional.

Você recebeu esta mensagem porque já se inscreveu em nossos cursos ou solicitou receber materiais e novidades da Livre Docência Tecnologia Educacional.

Para deixar de receber novas mensagens como esta, por favor clique em descadastrar.
Seu email em nossa lista é semiramisalencar@yahoo.com.br


Livre Docência Tecnologia Educacional Ltda.
Caixa Postal 62.550
Rio De Janeiro, RJ - CEP 22250-970
Brasil

11 de abr de 2017

Só até amanhã - 12/04 - Inscrições para lato sensu em educação pela UNIFEI - Universidade Federal de Itajubá - Diversos Cursos Gratuitos

27 de mar de 2017

Desenho Instrucional e Aprendizagem Persuasiva


Desenho Instrucional e Aprendizagem Persuasiva

21/03/2017
 Persuasão é uma estratégia de comunicação que consiste em utilizar recursos lógico-racionais ou simbólicos para induzir alguém a aceitar uma ideia, uma atitude, ou realizar uma ação. É o emprego de argumentos, legítimos ou não, com o propósito de conseguir que outro(s) indivíduo(s) adote(m) certa(s) linha(s) de conduta, teoria(s) ou crença(s).

Ok Mas o que isso tem a ver com o desenho instrucional e as demandas educacionais?

Simples: Temos que concordar que a aprendizagem mais memorável ​​e emocionante nem sempre ocorre dentro de uma sala de aula ou um ambiente formalmente adequado para o ensino-aprendizagem. Neste post quero abordar alguns preceitos básicos e alguns benefícios da aprendizagem persuasiva em eLearning, de modo que você possa criar um sistema de aprendizagem mais imersivo, interativo e colaborativo para os seus alunos.

Você sabia que, inclusive temos que adentrar no conhecimento da psicologia social para compreendermos como a persuasão pode beneficiar o estudo, principalmente no formato online? Devo dizer que game educacional é uma tendência que traz consigo esse benefício. Entenda o porquê:

Primeiro vamos falar da psicologia social:
A Psicologia Social – é a ciência que procura compreender os “como” e “porquês” do comportamento social. A interação social, a interdependência entre os indivíduos e o encontro social. Seu campo de ação é portanto o comportamento analisado em todos os contextos do processo de influência social. Uma pesquisa nos manuais de ensino e ementas das diversas universidades nos remetem à:
- interação pessoa/pessoa;
- interação pessoa/grupo (os grupos sociais)
- interação grupo/grupo. (enfoques nacionais, regionais e locais)

Em termos de E-learning ou Aprendizagem Online o que mais aproxima o ser humano da aprendizagem persuasiva são os games.

Um “jogo” nada mais é do que um software ou hardware desenvolvido por meio dos princípios do design de jogo interativo, com o objetivo de transmitir um conteúdo educacional ou de treinamento ao usuário. Existe o termo Serious game ou ” jogo sério” que refere-se ao jogo voltado mais para fins educacionais do que de entretenimento. Eles tem sido amplamente utilizados nas áreas de defesa, educação, exploração científica, serviços de saúde, gestão de emergência, planejamento urbano, engenharia, religião e política.

O conceito de utilizar jogos com propósitos educativos tem a sua origem ainda antes da revolução tecnológica e do uso comum de computadores e podemos dizer que a aprendizagem persuasiva está intrísicamente ligada ao jogo sério.

Exemplo: O primeiro “serious game” foi o Army Battlezone, um projeto desenvolvido pela empresa Atari nos anos 80. Este jogo foi concebido para treinar militares em situação de batalha. Ao longo dos anos, e à medida que os computadores para uso pessoal estão sendo desenvolvidos, os “serious games” são concebidos para uma cada vez maior variedade de áreas: educação, treinamento profissional, saúde, publicidade, e políticas públicas.

Como um bom Designer Instrucional essa é mais uma competência ou conhecimento que você deverá adquirir e que torna-se essencial para manter-se atualizado com as tendências educacionais emergentes, de modo que possa ofertar ao seu público a melhor experiência possível.
A aprendizagem social está determinando uma nova abordagem que parece estar crescendo em termos de popularidade: a aprendizagem generalizada. Mas o que é a aprendizagem persuasiva e quais são os benefícios que oferece para o seu aluno?

A aprendizagem persuasiva ou penetrante:
O termo “aprendizagem generalizada”fala sobre como “aprender com a velocidade da necessidade através de modalidades de aprendizagem formal, informal e social”.

Aqui o aprendizado vai muito além do que aprendemos em sala de aula tradicional. Estende-se ao mundo da aprendizagem informal ou da aprendizagem por necessidade. Exemplo disso é a variedade de games e suas aplicações no dia-a-dia dos usuários para diversos fins. Veja alguns deles:
  • Advergame - nome dado a estratégia de comunicação mercadológica (ferramenta do marketing) que usa jogos, em particular os eletrônicos, como ferramentas para divulgar e promover marcas, produtos, organizações e/ou pontos de vista.
  • Edutainment - o Edutainment tipicamente tenta instruir ou socializar sua audiência passando-se lições por meio de formas familiares de entretenimento.
  • Aprendizagem - Esses jogos possuem objetivos de aprendizado. Geralmente eles são criados para equilibrar o assunto com a jogabilidade e a habilidade do jogador de reter e aplicar parte do assunto no mundo real.
  • Notícias -jJogos jornalísticos que reportam eventos recentes ou enviam comentários editoriais sobre o evento. Um dos exemplos é o jogo September 12th.2
  • Simulação - jogos que simulam atividades da vida real, com objetivo de representar a realidade o mais exata possível.
  • Jogos persuasivos - esses jogos são usados como tecnologia de persuasão.
  • Dinâmica organizacional - Jogos que ensinam e refletem sobre questões de dinâmica organizacional, em três níveis: comportamento individual, dinâmica de grupo e rede, e dinâmica cultural.
  • Jogos para saúde - são jogos para treinamento médico, educação de saúde, terapia psicológica, ou jogos que usam rehabilitação física ou cognitiva.
  • Jogos de arte - jogos usados para expressar ideias artísticas ou arte produzida por meio de jogos eletrônicos.
  • Militainment - jogos bancados por militares ou que replicam operações militares com um alto grau de precisão.

Graças às novas e emergentes ferramentas e tecnologias de eLearning, os alunos agora têm acesso a uma riqueza de informações a qualquer hora, em qualquer lugar e pro diversos meios – principalmente via móvel – tendência geral nos dias de hoje - o que lhes permite expandir a sua compreensão e desenvolver suas habilidades quando for mais conveniente para eles e quando eles realmente precisam de reunir o conhecimento novo e crítico.

IBDIN Instituto Brasileiro de Desenho Instrucional
https://www.ibdin.com.br/single-post/2017/03/21/Desenho-Instrucional-e-Aprendizagem-Persuasiva





boo1

Postagens mais visitadas

Ajude a ciência brasileira com o tempo ocioso de seu computador - participe do World Community Grid!