4 dicas para criar cursos imersivos

Mostrando postagens com marcador m-learning. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador m-learning. Mostrar todas as postagens

20 de mar de 2014

Moodle 2.5 e M-learning - Janaína Loureiro da Costa

A Ead vem aprimorando cada vez mais as formas e ferramentas utilizadas no processo de aprendizagem, já passamos por um longo período em que os principais recursos eram os materiais impressos, em que os alunos utilizavam para ajudar no momento dos estudos, atualmente com o crescimento do alcance tecnológico, estamos passando por uma transição entre o antigo e o novo, ter um computador para acessar as informações durante as aulas já passou a ser necessidade e com a disseminação dos dispositivos como celulares e tablet, que também possibilitam o acesso a estas informações beneficiados pela sua mobilidade, permitindo que o aluno tenha este acesso independente da sua localização, e assim caracterizando o novo aprender por diferentes formas de acesso.
Maia e Mattar (2007, p 13) afirmam que "O crescimento do mercado de educação a distância (Ead) é explosivo no Brasil e no Mundo. Dados estão disponíveis por toda parte: cresce exponencialmente o número de instituições que oferecem algum tipo de curso a distância, o número de cursos e disciplinas ofertados, de alunos matriculados, de professores que desenvolvem conteúdos e passam a ministrar aulas a distância, de empresas fornecedoras de serviços e insumos para o mercado, de artigos e publicações sobre Ead, crescem as tecnologias disponíveis, e assim por diante."


A considerável evolução dos dispositivos móveis e a melhoria dos recursos de acesso à internet, aliados aos novos conceitos de layout responsivo; trazem novas perspectivas relacionados ao m-learning. Diminuído assim, as antigas barreiras de acessibilidade e os problemas de usabilidade de software, inclusive em relação a limitação de hardware e ao tamanho de resolução da tela dos elementos de interface das aplicações.
A mudança de comportamento e crescimento de usuários mobile, e sinalizando que isso já estava afetando empresas que queriam seus websites disponíveis para esses novos dispositivos. O design responsivo, como o próprio nome já sugere, consegue responder ao tamanho da tela para se adequar da melhor forma.
A partir da versão 2.5 do Moodle, melhorias na área de layout e usabilidade foram adicionadas, sendo que uma das grandes novidades é opção de escolher temas para diferentes tipos de dispositivos. Sendo que dentre estes temas nativos (temas inclusos no próprio Moodle), temos opções de base responsiva, como exemplo temos o tema Clean e o MyMobile.
Foi desenvolvido um projeto em que foi utilizado dois tipos de temas nativos do Moodle, um modelo padrão, personalizado, porém não responsivo, chamado de “magazine” para aplicações em desktop (computadores de mesa e notebook), e o tema MyMobile para aplicações móveis (smartphones e tablets).
Tema disponibilizado pelo Moodle que não necessita de aplicativos, pode ser acessado por meio de qualquer navegador.Requisitos: deve ser selecionado dentro das configurações administrativas, na opção aparência, no seletor de temas. Outra forma de acesso ao AVA Moodle via Mobile, é utilização dos APPs para dispositivos móveis, diversos deles são encontrados nas lojas virtuais dos seus segmentos de sistemas operacionais como Google Play (Android) e ITunes (Sistemas Iphone). Em nossa pesquisa elegemos dois destes aplicativos, por serem mais utilizados e gratuitos.


O acesso ao AVA Moodle via Mobile, é utilização dos APPs para dispositivos móveis, diversos deles são encontrados nas lojas virtuais dos seus segmentos de sistemas operacionais como Google Play (Android) e ITunes (Sistemas Iphone). MDROID - É um aplicativo para dispositivos móveis utilizado para navegar no AVA Moodle de forma intuitiva. Possui tela inicial de login, tela de atividades e recursos, assim como as telas de processos onde estão direcionadas as atividades. Cujo os usuários podem usufruir de seus recurso. Requisitos mínimos: configurar o endereço do AVA no aplicativo antes de realizar o login, os serviços de webmovel devem estar ativados e estar cadastrado dentro do Moodle. MODLE MOBILE - possui um designer sugestivo. Na primeira tela (login) o aluno insere suas credenciais com os dados cadastrados no Moodle, na tela seguinte, ele estará no ambiente AVA e visualizará os cursos onde possui cadastro e a partir desde momento, o mesmo poderá acessa-lo. Requisitos mínimos: os serviços de webmovel devem estar ativados e estar cadastrado dentro do Moodle. Em todos os aplicativos a versão mínima do Moodle deve ser 2.4.


MAIA, C. e MATTAR, J. ABC da Ead: educação a distância hoje. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

M-learning - Janaína Loureiro da Costa (EaD no Face)


Com o crescimento dos aplicativos direcionados a navegabilidade do Moodle, a utilização do m-learning na educação proporciona aspectos positivos no aprendizado, como a ampliação do alcance do aluno, visto que ele pode acessar de qualquer local e otimizar o tempo. Pois, muitas vezes os alunos que procuram cursos a distância tem como maior dificuldade o fator tempo e os dispositivos podem vir facilitar este acesso, promovendo a construção de novas formas de aprender e aprimora a relação tutor aluno e alguns casos otimizar a relação custo beneficio principalmente depois de implantado.
O Mobile learning vem tomando espaço na formação e aprimoramento dos conhecimentos no ambiente de trabalho, além do seu uso corriqueiro para o fornecimento de informações. Com o crescimento dos dispositivos móveis, algumas empresas disponibilizam dispositivos empresariais, com esta facilidade o profissional tem um incentivo aos estudos, com o compartilhamento de temas afins, e a construção coletiva do conhecimento através de plataformas de ensino adaptadas para acesso mobile, o incentivo a utilização de comunidades, sites, bloggers, vídeos, arquivos de áudio e textos impressos.
Além disso, os dispositivos móveis são uma excelente fonte de informações de referência. Pode ajudar no suporte ao desempenho dos funcionários e apoiar uma força de trabalho mais forte e mais confiante. É importante ressaltar que para utilização do m-learning é preciso uma mudança na postura dos usuários.
Inicialmente os conteúdos só podiam ser acessados pelos navegadores (browsers) instalados nos computadores desktop e notebook. Podíamos acessar com diversas dificuldades a internet pelos celulares ou por outros aparelhos ligados a televisão etc, porém nenhum destes meios nos permitia uma navegação acessível, possibilitando uma boa experiência de uso em comparação aos desktops e notebooks.
A ampliação de acesso aos dispositivos móveis motivaram o crescimento do uso dos aplicativos mobile (apps) a partir de 2008, atualmente oferecem aos usuários diversas ferramentas para cada tipo de necessidade.
Para a utilização do Moodle no M-learning, sugiro 2 aplicativos o MDroid e Moodle Mobile, que são gratuitos e disponíveis para download.
Com as inovações novas estratégias e metodologias para a oferta do ensino a distância são utilizadas tais como: os modelos de e-learning , b-learning e m-learning , inserindo os dispositivos móveis como ferramenta crucial para o alcance dos objetivos elaborados para o curso, para que acompanhe a globalização das ações que a sociedade tecnológica disponibiliza, assim como a sustentabilidade característica contemporânea que vem evoluindo com a preservação de gasto desnecessário de material impresso e a facilidade de realizar o acesso ao AVA e seus conteúdos em qualquer local desde que se tenha uma conexão de internet e também a necessidade de uma estruturação de caráter pedagógico; além de designer para a adaptação dos materiais impressos utilizados na modalidade m-learning que está ocupando cada vez mais seu espaço na modalidade a distância em diversos locais. 
A considerável evolução dos dispositivos móveis e a melhoria dos recursos de acesso à internet, aliados aos novos conceitos de layout responsivo; trazem novas perspectivas relacionados ao m-learning. Diminuído assim, as antigas barreiras de acessibilidade e os problemas de usabilidade de software, inclusive em relação a limitação de hardware e ao tamanho de resolução da tela dos elementos de interface das aplicações.
A mudança de comportamento e crescimento de usuários mobile, e sinalizando que isso já estava afetando empresas que queriam seus websites disponíveis para esses novos dispositivos. O design responsivo, como o próprio nome já sugere, consegue responder ao tamanho da tela para se adequar da melhor forma.
A partir da versão 2.5 do Moodle, melhorias na área de layout e usabilidade foram adicionadas, sendo que uma das grandes novidades é opção de escolher temas para diferentes tipos de dispositivos. Sendo que dentre estes temas nativos (temas inclusos no próprio Moodle), temos opções de base responsiva, como exemplo temos o tema Clean e o MyMobile.
Foi desenvolvido um projeto em que foi utilizado dois tipos de temas nativos do Moodle, um modelo padrão, personalizado, porém não responsivo, chamado de "magazine" para aplicações em desktop (computadores de mesa e notebook), e o tema MyMobile para aplicações móveis (smartphones e tablets).
Tema disponibilizado pelo Moodle que não necessita de aplicativos, pode ser acessado por meio de qualquer navegador.Requisitos: deve ser selecionado dentro das configurações administrativas, na opção aparência, no seletor de temas. Outra forma de acesso ao AVA Moodle via Mobile, é utilização dos APPs para dispositivos móveis, diversos deles são encontrados nas lojas virtuais dos seus segmentos de sistemas operacionais como Google Play (Android) e ITunes (Sistemas Iphone). Em nossa pesquisa elegemos dois destes aplicativos, por serem mais utilizados e gratuitos.
Agradecimentos à Janaína Loureiro da Costa pela pesquisa e disponibilização do artigo e ao EaD no Face por divulgar 

boo1

Postagens mais visitadas

Ajude a ciência brasileira com o tempo ocioso de seu computador - participe do World Community Grid!