Mostrando postagens com marcador AULA 6. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador AULA 6. Mostrar todas as postagens

19 de mar de 2013

Aula 6 - Tipos de Isolamento - Isolamento Social, Cultural e Psíquico

isolamento social  é a falta de interação social . Esta prática retira do homem a possibilidade de se construir uma consciência coletiva e convivência coletiva. 

O isolamento social pode ser causado por bloqueios emocionais, psicológicos e sociais. 

Por outro lado estar socializado pode beneficiar o ser humano:
  • Individualmente: estimulação a inteligência e desenvolvimento de personalidade, libertação de costumes cristalizados; auxilio para a solução de problemas;
  • Coletivamente : interação entre os povos, costumes, instituições sociais e mudanças sociais;
O contato entre pessoas e as diversas maneiras de relacionamento podem ser especificadas das seguintes maneiras:
  • Contato físicos: baseado em percepções sensitivas; por meio da visão, olfato, audição e tato.
  • Plano psíquico: praticada por uma troca de idéias ou emoções entre os indivíduos;
  • Plano psicofísico: são aqueles contatos humanos que abrangem também os contatos psíquicos.
  • Diretos: contato efetuado de indivíduo para indivíduo, sem intermediários;
  • Indiretos: contato de indivíduo para indivíduo feito por intermediários ou suportes técnicos de comunicação.


Isolamento Cultural 

O Isolamento Cultural diz respeito à toda e qualquer forma de alienação do indivíduo à cultura, ao estudo e às expressões artísticas que promovam diversão, conhecimento, tanto de sua própria cultura, quanto da cultura mundial.
O significado vulgar de isolamento remete para afastamento.
O isolamento não deve ser apenas considerado a nível individual, mas também de grupo. É o que sucede, frequentemente, com países que enveredam por regimes políticos não democráticos, que recorrem a estratégias reprovadas pelos outros, como é o caso do recurso a ataques, à guerra, ao não respeito pelos direitos humanos, etc., levando estes últimos a isolá-los da comunidade internacional através de sanções, que podem ir do embargo econômico à expulsão de associações ou alianças ou até mesmo ao corte de relações diplomáticas.
A pessoa ou o país que se encontra em estado de isolamento não pode progredir, porque a condição primeira da evolução cultural é a sinergia entre as diferentes culturas. A censura é um mecanismo de isolamento cultural.

Isolamento Psíquico
Existem ainda outros elementos que reforçam esse tipo de isolamento social, como:

É o sutil impedimento de comunicação devido à participação nas experiências de grupos diversos dentro da mesma cultura. Ou seja, se dá através das diferenças de atitudes, sentimento, pontos de vista, interesses dos indivíduos pertencentes a uma mesma cultura.
As atitudes sociais e particulares como o egoísmo, o etnocentrismo, preconceitos, timidez, pedantismo, retraimento, aversão, suspeitas.
Os arranjos grupais que enumeram os sistemas de castas, classes, sociedades secretas, partidos, seitas e as organizações profissionais.
Todo esse isolamento produz algumas conseqüências, tanto no indivíduo como num grupo. Vejamos:

 a) no indivíduo: se for completo resulta no homoferus; e se não for completo, mais pronunciado, produz no indivíduo isolado, uma mentalidade retardada.. Ou seja, numa diminuição das funções mentais ou até mesmo a loucura.
 b) de um grupo: produz costumes cristalizados e equilíbrio. Além disso, produz uma cultura de folk, ou seja, uma sociedade homogênea.

Questões Propostas
1. Verifique em sua comunidade, no seu cotidiano, exemplos de isolamento social.
2. Faça uma pesquisa sobre filmes que aborde os tipos de isolamento.
3. Á partir da exibição de 2 ou 3 filmes escolhidos pela classe para análise, promovam um debate sobre as causas e consequências do isolamento social. 

4 de abr de 2011

Aula 6 - Cultura e Organização Social

 
Aula 6 - Cultura e Organização Social

Cultura é a herança que o grupo social transmite a seus membros através da aprendizagem e da convivência social.
Cada geração e cada indivíduo também contribuem para ampliar e modificar a cultura que recebem. É isso que explica o progresso, as mudanças que ocorrem nas sucessões das gerações.
A cultura abrange a maneira de viver (ser, pensar e sentir) de um povo. A forma de organização social de um povo também faz parte da cultura.

A cultura pode ser material ou não-material.

Cultura Material – objetos manufaturados, os artefatos: ferramentas, prédios, móveis, meios de transportes, estradas, pontes, cadernos, etc. Ou seja, todo e qualquer objeto resultante da transformação da natureza pelo homem.

Cultura Não-Material – a linguagem, as idéias, as músicas, poesias, rituais, os costumes e hábitos de um povo. Ou seja, todo o ideário que permeiam as tradições de cada povo.

No futebol – a cultura material do futebol são as traves, os uniformes, a bola, chuteiras, caneleiras, o escudo, gramado, luvas, joelheiras, apito. A cultura não-material é o hino do time, o grito da torcida, as regras de arbitragem, os jargões dos comentaristas esportivos.

O futebol deixando de existir, sua cultura deixa de ter o significado e antes: a bola, passa a ser um enfeite; o gramado, pasto para o gado; o uniforme, luvas e joelheiras, meras peças de vestuário; as traves, pedaços de madeira.

A Cultura como sistema de normas

A cultura mostra como deve ser o padrão de comportamento do indivíduo – um padrão de comportamento é uma norma, ou seja, uma expectativa ou uma determinação de como o indivíduo deve agir dentro de um grupo. Uma norma social ou cultura resulta da própria história do povo ou do grupo social que a adota.

  • O que é norma numa sociedade pode não ser na outra;


  • A norma só cabe em comportamentos possíveis e não-necessários. A norma pode estabelecer maneiras de comer e tipos de alimentos que possam ser ingeridos; modo conveniente de andar, vestir, relacionar-se.
  • As normas podem ser mais ou menos coercitivas, mais ou menos obrigatórias. Assim, podemos ter hábitos, tradições populares, instituições e leis.


  • Hábitos e Tradições

    As novas gerações absorvem costumes e hábitos das anteriores. Porém, costumes e hábitos podem ser modificados e sua não-observância pode não implicar sanções sociais mais sérias.

    Instituições – conjuntos organizados de normas, que obrigam mais do que simples hábitos e costumes, mas relacionamentos sociais que incorporam certos valores e procedimentos comuns e atendem a certas necessidades básicas da sociedade.
    As principais instituições são : Religião, governo, educação (escolas e universidades), ONG ou grupos menores como os grupos de trabalho, de agremiações de futebol, de escolas de samba, Folia de Reis, etc.

    boo1

    Postagens mais visitadas

    Ajude a ciência brasileira com o tempo ocioso de seu computador - participe do World Community Grid!