26 de mai de 2009

Fumar prá quê!!!!!!




FUMAR PRA QUÊ?

Durante muito tempo foi considerado moda, estava ligado a momentos de diversão e de prazer... Tudo ilusão, puro marketing! O Tabaco, seja na figura do cigarro, charutos ou cachimbos, é um dos grandes males para saúde do ser humano. Causa câncer e outras doenças, traz cansaço físico, mexe com a sua cabeça, com seu corpo e com o seu bolso. Em 31 de maio é comemorado o Dia Mundial Sem Tabaco, e o portal Conexão Aluno entrou nesta luta. Leia este Especial e aprenda sobre a ameaça que o tabagismo representa. Antes de dar a primeira ou a próxima tragada, pense uma, duas, três, mil vezes: fumar para quê?


Quer saber mais sobre os malefícios do cigarro?
Antes que a cura virasse doença
Conheça os malefícios do tabaco
Por que você fuma?
Quem tem mais chances de conseguir um emprego: fumante ou não fumante?
Quero parar de fumar. O que faço?
Animais de estimação também sofrem com o fumo
Hip Hop na linha de frente contra o tabaco
CONECTE-SE

Campanha promovida pelo site CONEXÃO ALUNO, da Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro

TV Cultura | Almanaque

Para a galerinha de 5ª a 8ª série, outra iniciativa muito instrutiva (e divertida também), é a revista eletrônica Almanaque da TV Cultura. Com temas muito atuais como internet e comportamento. Vale a pena conferir!!!

TV Cultura | Almanaque

25 de mai de 2009

Cultura é Currículo

Uma excelente iniciativa da Prefeitura de São Paulo
Maiores detalhes em:

Cultura é Currículo



PROGRAMA CULTURA É CURRÍCULO

O Programa Cultura é Currículo integra o conjunto de ações definidas pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo para concretização da sua política educacional, visando propiciar melhor qualidade de ensino da escola pública estadual, seja no sentido de atender aos desafios do mundo moderno, como em relação à função de transmissão do saber, para inserção social de seus alunos. Em acordo com os parâmetros pedagógicos da atual gestão, pauta-se por princípios estabelecidos para a organização curricular:

- Currículo e Cultura;

- Currículo referido a competências;

- Currículo que tem como prioridade a competência escritora e leitora.

Nesse contexto, a definição do Programa orientou-se por três objetivos básicos a serem alcançados:

- Democratizar o acesso de professores e alunos da rede pública estadual a equipamentos, bens e produções culturais que constituem patrimônio cultural da sociedade, tendo em vista uma formação plural e a inserção social.

- Fortalecer o ensino por meio de novas formas e possibilidades de desenvolvimento dos conteúdos curriculares em articulação com produções socioculturais e fenômenos naturais, diversificando-se as situações de aprendizagens.

- Estimular e desenvolver a aprendizagem por intermédio de interações significativas do aluno com o objeto de estudo/conhecimento de disciplinas, reforçando-se o caráter investigativo da experiência curricular.

O Programa Cultura é Currículo é composto por três projetos: Lugares de Aprender: a Escola Sai da Escola, Escola em Cena e O Cinema Vai à Escola.

16 de mai de 2009

PEP - Programa de Educação Profissional de MG

Está aí uma excelente oportunidade de formação para o trabalho pelo governo de MG
maiores detalhes em Secretaria Estadual de Educação de MG

PEP - Programa de Educação Profissional de Minas Gerais

O Governo de Minas criou o PEP para ofertar formação profissional técnica gratuita para alunos do 2º e 3º anos do Ensino Médio das escolas estaduais e para jovens de 18 a 24 anos que já concluíram o ensino médio em qualquer rede.

A ousada concepção do PEP permite a rápida expansão da formação profissional em nível médio para todas as regiões do estado, aproveitando a capacidade já instalada. A estratégia de implantação abrange escolas estaduais de nível médio, escolas credenciadas (sistema S e particulares) e escolas conveniadas (federais, municipais e filantrópicas) que compõem a Rede Mineira de Formação Profissional.

Este ano, em 81 escolas da rede estadual em 60 municípios são oferecidos 24 cursos profissionalizantes para 10.891 alunos, incluindo o curso normal voltado para o atendimento à Educação Infantil. Nas instituições conveniadas são oferecidos 30 cursos para 2.044 alunos em 11 municípios e nas 34 instituições privadas credenciadas ao PEP são 67 diferentes cursos para 23.105 alunos, em 72 municípios. Ao todo, 36.040 jovens serão atendidos. O Governo de Minas está investindo R$ 41,8 milhões para garantir as vagas das instituições conveniadas e credenciadas, em 2008.

As instituições credenciadas, foram selecionadas através de edital para a implantação dos cursos em 153 municípios, incluindo todos com mais de 30 mil habitantes, todos da RMBH, todos os municípios sede de Superintendência Regional de Ensino (SRE), todos os municípios sede de microrregiões e os com maior nível de investimentos. No 1º semestre de 2008, a SEE abrirá novo edital para o credenciamento nos municípios que ainda não foram contemplados. Caso não surjam instituições que atendam aos critérios do edital, a própria Secretaria implantará cursos profissionalizantes para que os alunos dessas regiões não sejam prejudicados. Até 2010, a meta é criar oportunidade de formação técnica para 110 mil jovens, através do PEP.

Nas instituições credenciadas os cursos mais concorridos foram Redes de Computadores, Contabilidade, Farmácia, Enfermagem e Nutrição Dietética, oferecidos pelo SENAC, em Belo Horizonte; o de Segurança e Saúde do Trabalho, oferecido pelo SENAI, em Belo Horizonte; o de Mineração, oferecido pelo Centro Educacional Beldani, em Barão de Cocais; e o de Farmácia, oferecido pela Unitec Noroeste, em Unaí.

Documentos para matrícula

Alunos que já concluíram ensino médio (idade entre 18 e 24 anos)

- Original e cópia simples do Histórico Escolar, comprovando a escolaridade requerida para ingresso no curso (neste caso não vale declaração de matrícula em Escola Estadual, em 2008).
- 2 fotos 3 x 4.
- Assinar termo de compromisso.

Cópia dos seguintes documentos:
- Comprovante de inscrição no PEP – 2008.
- CPF – cadastro de pessoa física.
- Documento de identidade com foto.
- Certidão de Nascimento ou Casamento.
- Título Eleitoral e comprovante de quitação com o Serviço Eleitoral.
- Comprovante de quitação com o Serviço Militar se for o caso.
- Comprovante de endereço.

Aluno matriculado na rede estadual no 2º ou 3º ano, em 2007 (se menor de 18 anos acompanhado dos pais ou responsável

- Declaração de matrícula na rede estadual, em 2008, para os alunos que estavam matriculados no 2° ano, em 2007. Para os alunos que estavam matriculados no 3° ano, em 2007, original e cópia simples do histórico escolar ou declaração de conclusão do Ensino Médio. Em qualquer dos casos, a declaração deve ser emitida pela escola estadual e assinada somente pelo diretor da escola, em papel timbrado, constando escola, série, turno e ano de conclusão.
- 2 fotos 3 x 4.
- Assinar termo de compromisso.

Cópia dos seguintes documentos:
- Comprovante de inscrição no PEP – 2008.
- CPF – cadastro de pessoa física.
- Documento de identidade com foto.
- Certidão de Nascimento ou Casamento;
- Título Eleitoral e comprovante de quitação com o Serviço Eleitoral;
- Comprovante de quitação com o Serviço Militar se for o caso.
- Comprovante de endereço.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

10 de mai de 2009

Um novo tempo nas relações humanas

Na ânsia de se fazer entender e alcançar os resultados o mais rápido possível, deixamos para trás um universo de possibilidades humanas.

Recentemente conversava com um amigo, professor de educação física e instrutor de academia sobre o distanciamento das pessoas das questões afetivas, essencialmente sobre a incapacidade das pessoas em se entregar à novas descobertas e à novos contatos.

"Há pessoas que chegam numa academia e sequer são capazes de um sorriso, um bom dia! - dizia ele - Não conversam sobre nada além da própria prática de exercícios e os resultados. Há anos têm alunos que chegam e eu se quer sei quem eles são, senão pelo primeiro nome, fico chateado com isso pois a vida deveria de ser mais do que isso.".

Será que estamos nos embrutecendo? onde está aquela camaradagem, o coleguismo e as relações fraternas que costumávamos ter uns com os outros. Antigamente (quando o máximo de tecnologia que possuíamos era um Tk 83 e os jogos de Atari) as pessoas eram mais solidárias. Costumavam fazer amizade com o vizinho da porta ao lado, com o padeiro, com o jornaleiro, com todos que dirá com os colegas de escola ou academia ou seus professores. Hoje tudo está tão pasteurizado, começo a acreditar que trocaram o ser pelo ter - antes você poderia ser uma pessoa legal - hoje você precisa de ter uma posição social legal.

Com o avanço das tecnologias, onde tudo poderia contribuir para a maior interação e mesmo maior aquisição de conhecimento, se tornou apenas mais um meio de se abstrair da realidade. Não assumimos que, por mais conhecimento que adquiramos, sem o contato com as sensações e anseios do outro dificilmente nossa capacidade de aprender e construir conhecimento estará plenamente completa. Por mais integrados que estamos às ferramentas e aos recursos digitais, sem o contato humano, sem a voz de nosso interlocutor, seu olhar e seu jeito de ser, não passamos de cópias de máquinas, destituídos de sentimentos e preocupações sociais.

O maior desafio do ser humano é se manter humano perante as relações, pois isso é o que nos caracterizam humanos - seres em constante comunicação uns com outros, aprendendo sempre, nesta teia de relações que é a vida.

Abraços Fraternos,
Semíramis Alencar

8 de mai de 2009

Um ser...

Na bagunça de um quarto infanto-juvenil, entre pilhas de cadernos, trabalhinhos, heróis e revistas em quadrinhos, surge um ser sorridente, que guarda cada um dos pertences em seu lugar. É como se à cada meia ou sapato que encontrasse fossem diamantes e pérolas preciosas, guardadas com a devoção de um talismã.
Criatura bondosa, com dons de advinhação e da providência de sobremesas saborosas, tem o dom de curar com apenas um beijo o joelho ralado e as dores da alma. Tem um semblante místico o qual mesmo quando irritada, se faz repleta de razão, ainda que se arrependa depois.
durante nove meses esse ser vive em estado de graça apenas pelo prazer da doce espectativa de ter em seus braços o dom mais valioso, presente o qual ela vê crescer desde seu ventre com o olhar perdido de quem se encontra em sublime enlevo espiritual.
Esse ser que arruma quartos, profetiza, ama, eterniza suas falas e ditados em atitudes que vão do abraço caloroso, às lágrimas de emoção e gratidão. É capaz dos mais arriscados atos de bravura, com coragem e determinação defende seu fruto com orgulho e dedicação. Esse ser de profunda sabedoria reconhece que as falhas da vida são muitas e que nunca é tarde para se recomeçar. Assim, protege, socorre, ampara e perdoa, não só aos seus, mas aos próximos de coração
E o seu amor... ao de ninguém se iguala... nada nos faz suspirar tão suavemente, somos capazes de sucumbir as maiores tentações dessa vida pelo apelo mais atento dessa criatura.
Dizem por aí que ela é a única a qual Deus ouve, que suas preces são logo atendidas. Como ela há muitas no mundo que choram, que buscam, que amam aqueles que já se foram. Também dizem que seu amor é infinito e que por essa razão Deus tende as chamar cedo para seu lado, por precisar de seres tão puros e abnegados ao seu lado, na criação de outras almas.
De um substantivo ímpar, simples, qualquer um pode pronunciar, é um ser que tem lágrimas, sorriso, curas e soluções e uma vez que se perde nunca mais se encontra um outro igual. E quando o perdemos, temos a sensação de que o mundo nunca mais será com o colorido de antes.


Mãe.

(Á minha mãe, no infinito onde habitas, a minha homenagem)

boo1

Postagens mais visitadas

Ajude a ciência brasileira com o tempo ocioso de seu computador - participe do World Community Grid!