Mostrando postagens com marcador São Paulo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador São Paulo. Mostrar todas as postagens

11 de jan de 2013

Você sabia que a procura por ensino à distância cresce mais que busca por curso presencial? confira

Fonte -http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2012/08/procura-por-ensino-distancia-cresce-mais-que-busca-por-curso-presencial.html 

Aumento do número de alunos EaD foi de 10,9%, contra 6,45% presenciais.

Cursos livres gratuitos são alternativa para quem busca qualificação.

Isabela LeiteDo G1 Campinas e Região
Comente agora
Aluno de curso de ensino à distância (Foto: Reprodução TV Centro América)Aluno de curso de ensino à distância
(Foto: Reprodução TV Centro América)
Os cursos livres gratuitos oferecidos à distância por instituições tornaram-se uma alternativa para as pessoas que buscam qualificação, não podem ou não querem gastar e se locomover até o centro de capacitação. De acordo com o Censo do Ensino Superior 2010 do Ministério da Educação (MEC), divulgado em outubro de 2011, e do Anuário Brasileiro Estatístico de Educação Aberta e a Distância (Abraed), aumento pela procura de cursos de graduação na modalidade EaD foi maior em relação aos presenciais no Brasil.
Entre 2009 e 2010, por exemplo, o crescimento de alunos à distância foi de 10,9%, sendo que das aulas presenciais foi de 6,45% no mesmo período, de acordo com o MEC. Ao todo, 2,5 milhões de alunos procuraram os cursos livres à distância em busca de qualificação profissional, idiomas e preparação. Para graduação, foram 930,2 mil pessoas e para pós-graduação cerca de 150 mil alunos.
Segundo a Associação Nacional de Tutores da Educação à Distância (Anated), os cinco cursos EaD com maior número de alunos em 2010 foram pedagogia (273,3 mil matrículas), administração (128,2 mil matrículas), serviço social (74,5 mil matrículas), competências gerenciais (45,9 mil matrículas) e ciências contábeis (40,1 mil matrículas). Já em relação aos cursos presenciais, administração foi o com maior procura, seguudi de direito, engenharias, pedagogia e enfermagem(assista ao bloco do programa EPTV Comunidade sobre a procura por cursos à distância).
Perfil do aluno
A média de idade do aluno EaD é 7 anos maior em relação ao estudante de cursos presenciais. Enquanto o primeiro representa média de 33 anos, o segundo representa média de faixa etária de 26 anos, de acordo com o Censo do Ensino Superior do MEC.
Presidente da Associação Nacional de Tutores da Educação à Distância (Anated), Luis Gomes (Foto: Reprodução EPTV)Presidente da Anated, Luis Gomes, fala sobre o
perfil do aluno de EaD(Foto: Reprodução EPTV)
O presidente da Anated, Luis Gomes, explica que isso ocorre por causa de um período cíclico da carreira. "Normalmente, quem não consegue pagar uma faculdade termina o ensino médio e começa a trabalhar na faixa dos 20 anos. Constitui família e só depois dos 30 anos consegue estabilizar e decide investir na capacitação, que precisa ser na modalidade de EaD por conta da flexibilidade de horário e custo", completa.
Em relação às modalidades dos cursos, a opção pelo bacharelado lidera, com 72,6% dos alunos presenciais, seguida por licenciatura (17%) e tecnólogos (10%). Já no ensino à distância, a licenciatura está em primeiro lugar, com 45,8%, seguida de bacharelado (28,8%), tecnólogos (25,3%) e licenciatura e bach (1%)

Graduação, pós-graduação e tecnológicos

Os cursos à distância de graduação e pós-graduação credenciados pelo MEC podem ser consultados no E-MEC, página do ministério que reúne a lista de todas as instuituições que podem oferecer as aulas.
Cursos livresEntre as instituições que oferecem cursos gratuitos à distância de qualificação profissional está a Confederação Nacional da Indústra (CNI)/ Serviço de Aprendizagem Industrial (Senai), o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), além do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) e a FGV Online, portal da Fundação Getúlio Vargas que reúne conteúdos e materiais didáticos da instituição sem custo pela internet.

4 de mai de 2012

SP: universidade federal torna acessíveis cursos à distância



A Universidade Federal de São Carlos (Ufscar), por meio da Secretaria Geral de Educação à Distância (Sead), se viu o ano passado com o primeiro aluno com deficiência visual matriculado e percebeu que os cursos não estavam totalmente adaptados para o acesso de pessoas com deficiência. Por este motivo, a universidade iniciou no final de 2011 um programa para mudar esta condição.
A Ufscar pretende, em pouco tempo, que os cursos de graduação à distância em sistemas da informação, engenharia ambiental, educação musical, pedagogia e tecnologia em produção sucroalcooleira atendam às necessidades das pessoas com deficiência, "num esforço para uma real democratização do ensino superior de qualidade para todos".
De acordo com a Sead, as demandas apresentadas pelo aluno deficiente visual incentivaram as equipes técnico-pedagógicas da Sead a implantar o que já vinha sendo desejado: tornar o Ambiente Virtual de Aprendizagem, bem como os materiais didáticos utilizados no curso, acessíveis a partir de tecnologias assistivas.
Um dos dispositivos que a Ufscar irá adotar é a audiodescrição nas videoaulas, recurso em que as cenas são descritas para acompanhamento pelas pessoas com deficiência visual. Também será feita adequação dos materiais digitais e do Ambiente Virtual de Aprendizagem para os padrões nacionais e internacionais de acessibilidade e os professores, tutores e equipes da Sead-Ufscar receberão treinamento e orientação para atendimento adequado e=destes estudantes. A secretaria informou ainda que está em processo de elaboração de audiolivros e diversas tecnologias para tornar todos os cursos à distância acessíveis.
Para possibilitar que os projetos de acessibilidade estejam de acordo com as necessidades reais de pessoas com deficiência, a universidade conta com uma equipe com audiodescritores e especialistas em ergonomia, usabilidade e acessibilidade, além da participação de três pessoas com deficiência, que ajudam na elaboração e nos testes dos materiais.
Aliás, o próprio estudante que, atuando como bolsista do Projeto do Laboratório de Objetos de Aprendizagem da Sead, está desenvolvendo um programa para a visualização de vídeos totalmente acessível.Enquanto todas as modificações estão em andamento, o aluno com deficiência visual está acompanhando o conteúdo do curso por meio de leitores de tela.
O projeto de acessibilidade da Ufscar está sendo realizado em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da UFSCar - com as pesquisas da aluna Carina Magri Mari e do professor Miguel Bueno da Costa na área de ergonomia ¿, a Equipe de Audiovisual, da Coordenadoria de Inovações em Tecnologias na Educação, sob a responsabilidade da professora Joice Otsuka, e a pedagoga Maria Angélica Zanotto, da Coordenadoria de Processos de Ensino Aprendizagem.

14 de fev de 2011

Educaedu desembarca no Brasil

Educaedu desembarca no BrasilO portal Educaedu, o maior e mais completo diretório global online de educação, decidiu investir forte no mercado brasileiro e acaba de inaugurar um novo escritório em São Paulo. O objetivo da sede na capital paulista é estar mais próximo de seus clientes e usuários.
Fundada em 2001, a empresa de origem espanhola, vem registrando grande crescimento nos últimos anos. Presente em 20 países e com versões em nove idiomas, o site reúne mais de 103 mil ofertas de cursos em diversas áreas e níveis de ensino.
Em 2010, Educaedu registrou mais de cinco milhões e 200 mil acessos somente no Brasil. Atualmente a versão brasileira do portal tem cadastrados mais de 14 mil cursos de pós-graduação, graduação e extensão universitária ministrados em mais de 950 instituições de ensino.
A sede brasileira soma-se a outros quatro países onde a empresa já possui escritórios: Argentina (Buenos Aires), Espanha (Madri e Bilbao), Colômbia (Bogotá), México (Cidade do México) além de representantes no Chile (Santiago).



Lenice Laflor
Assessoria de Imprensa
lenice@educaedu.com

14 de jul de 2009

Mesa Redonda com educadores - sábado 18/07 - São Paulo





Queridos educadores e educadoras da Infância e Juventude,

Os nossos encontros AEA têm como base a participação e engajamento dos educadores da Infância e Juventude com a arte e temas envolvendo a Pedagogia Espírita.

Se você veio só uma vez...ou mesmo que tenha participado de alguns encontros, ou mesmo de nenhum, gostaríamos muitíssimo de contar com suas idéias, sugestões e troca de experiência para ajudar outras casas - como é o caso de nossa 1ª MESA REDONDA desde próximo sábado, organizada pelas educadoras Vandi, Eliana, Michelle e Eliene.

Aguardamos você! Participem!


Aqui estão alguns questionamentos que poderão ser discutidos. Acrescente a sua sugestão a partir do número 05 e reenvie o e-mail para nós!

1) Você já teve ou tem crianças especiais em sua sala de Educação Infantil? Como trabalhou ou trabalha a inclusão delas no grupo?

2) O passe é aplicado nas crianças antes ou depois da aula? Ou não há aplicação de passe? Por que?

3) Os pais participam em aula paralela ao das crianças? Ou não existe trabalho com os pais?

4) Você, educador/a, trabalha a Arte de forma a possibilitar a ampliação cultural em sua aula? Como vc trabalha a Arte e com qual objetivo?
5) (faça sua pergunta aqui e envie para Flávia flaviaruh@terra.com.br>

19 de jun de 2009

INSTITUTO FEP


INSTITUTO FEP É uma Associação Sem fins Lucrativos.

Razão Social: Educação Para Não Violência

Objetivo: oferecer oportunidade àqueles que queiram fazer um curso de qualidade e baixo custo

Cursos: Inglês ,Espanhol Ter no mínimo 13 anos e já ter cursado a sexta série.

4 módulos semestrais: básico,pré-intermediário,intermediário,avançado.

Carga horária: 3h00 HORAS semanais. Certificado válido pela Secretaria da Educação. 100 vagas.

Taxa de matricula R$30,00. mensal de R$30,00 cada curso.

Preparatório para Concurso Público
disciplinas Português, Matemática, Direito,informática, a partir de de 17 anos, ter cursado o 2° ou estar cursando, 80 vagas. Taxa de matricula R$50,00. mensal de R$50,00.

Interesse específico: obter (DRT de ator). Este curso é um preparatório para o exame de banca do Sindicato dos Artistas e Técnicos de Espetáculos e Diversões do Estado de São Paulo - SATED e futura profissionalização: DRT. A partir de 17 anos e ter cursado o 2° grau ou estar cursando, 50 vagas. Taxa de matricula R$50,00. mensal de R$50,00.

Teatro para iniciantes e intermediários com 3 horas de aulas semanais, Preço R$ 40,00 a matrícula e 40,00 mensais.O curso é voltado para interpretação de drama, comédia, . teatro mudo, aulas de expressão corporal. Com realização de peças teatrais no final do curso, .Com vagas Zona Norte e Zona leste As inscrições deverão ser feitas na sede (próximo ao metrô penha)– S. Paulo

Zona leste: Rua Arnaldo Vallardi Portilho, 10, Penha. As matriculas devem ser feitas aos sábados 20/06 e 27/06 esses dias, das 10h00 ás 16h00. Levar Valor da matricula ,xerox do RG E comprovante de residência. As vagas serão preenchidas por ordem de chegada.

Maiores informações
Fone(011)2023-2060

boo1

Postagens mais visitadas

Ajude a ciência brasileira com o tempo ocioso de seu computador - participe do World Community Grid!